LOJA FILMES BIO
ILUSTRAÇÕES
BLOG
ILUSTRAÇÕES ORIGINAIS ORIGINAIS LOJA LOJA
HQ
LOJA LIVROS LIVROS FILMES FILMES
EMAIL
FILMES LINKS LINKS
BIO CARTUM CARTUM EMAIL EMAIL
CARTUM
ORIGINAIS LIVROS
LIVROS LINKS
CARTUM
ORIGINAIS
ALLAN SIBER
LOJA FILMES BIO ILUSTRAÇÕES BLOG ILUSTRAÇÕES ORIGINAIS ILUSTRAÇÕES ORIGINAIS LOJA ORIGINAIS LOJA HQ LOJA LIVROS LOJA LIVROS FILMES LIVROS FILMES EMAIL FILMES LINKS FILMES LINKS BIO CARTUM BIO CARTUM CARTUM EMAIL CARTUM ORIGINAIS LIVROS LIVROS LINKS CARTUM ORIGINAIS
     
XML/RSS Feed   O que é isto?

MANIFESTO PELA PALAVRA

Há semanas que esqueço de postar aqui o bravo (bravíssimo, aliás) manifesto que a Chiquinha lançou. Eu assino embaixo, em cima, dos lados, enfim, onde estiver a linha pontilhada para assinar.

Com a palavra, minha cara colega:



Escrito por Allan Sieber às 19:01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


SÁBADO EM SP

Sábado agora, ás 17h, dentro da Semana Temática " Nos Bastidores dos Quadrinhos"  que o Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso está promovendo, falarei sobre minha extensa obra . É no Espaço Sarau. Acho que tem que se inscrever antes, porque as vagas são limitadas.

 



Escrito por Allan Sieber às 13:57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


MINHA VIDA NÃO É UM LIVRO ABERTO

Num momento calamitoso onde as chamadas redes de relacionamento(?) virtuais foderam de vez a fronteira entre o público e o privado e os estúpidos acham que ter um GPS no celular é A Grande Conquista da Humanidade, a ínfima parcela que ainda cultiva o bom senso deve se pronunciar e deixar bem claro que PUTA QUE O PARIU, MINHA VIDA NÃO É UM LIVRO ABERTO.

Entrevista para o El Cabritón, aqui.



Escrito por Allan Sieber às 13:44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


100 POUR 100

Ano passado tive a honra de ser convidado para a exposição "100 POUR 100" organizada pelo pessoal do Festival de Angoulême para inaugurar o Museu De Quadrinhos por lá. Chamaram 100 quadrinistas do mundo inteiro para fazer uma página dialogando com algum original do acervo do Museu. Eu escolhi o Recruta Zero, do gênio Mort Walker.

Quem traduziu foi meu grande amigo e agente na França (!!), Philippe Poncet. Agradeço também a ajuda de minha amiga Renata Negrelly.

Eis o texto original:

Q1 – LEGENDA: Quando eu era criança minha mãe não me dava dinheiro para comprar gibis e eu esperava meu pai voltar de noite do trabalho com o jornal que ele havia surrupiado do escritório (sim, também não comprávamos jornais...).

PAI– Aqui, guri. A página de quadrinhos.
ALLAN – Oba!!

Q2 –LEGENDA : Eu sonhava em ser um cartunista . Tiras preto e branco impressas no papel vagabundo do jornal...Não havia nada mais belo que isso para mim. Aos 9 anos, por 3 meses me disciplinei a desenhar uma tira por dia, todo dia...

ALLAN– Um cartunista tem que fazer todo dia sua tira, faça chuva ou faça sol...

Q3 –LEGENDA: Eu era simplesmente obcecado por tiras como Crock, Snoopy e acima de todos...Recruta Zero.

 AMIGO– Mas isso não é um gibi... Você só colou tiras de jornal nesse caderno velho...
ALLAN – Esse é o MELHOR gibi de todos! Você não entende nada, seu panaca.

Q4 –LEGENDA – Esses tempos encontrei  velhos gibí do Recruta Zero. Fazia  3 décadas que eu não os lia. Ele basicamente se revolta com qualquer tipo de autoridade, é uma verdadeira ameaça ao status quo. Mas uma ameaça adorável e preguiçosa, cujo lema é “Nunca deixe para amanhã o que você pode fazer depois de amanhã”.

Q5 –LEGENDA – Eo Sargento Tainha? Um brutamontes solitário sempre pronto a estraçalhar com os sonhos – e o corpo – de quem está sob seu comando. No fundo é um pobre coitado que por falta de opções casou com as Forças Armadas. Quem já não conheceu um tipinho medíocre desses?

Q6 –LEGENDA – General Dureza. Seus interesses são a secretária gostosa, o Clube dos Oficiais e o golfe, menos no Quartel Swampy. Eternamente atormentado por sua esposa Marta – essa sim um verdadeiro General - , é outro que encara o trabalho como uma espécie de bunker, refugio seguro da vida lá fora.

Q7 –LEGENDA – Ow, Dona Tetê... Confesso que tinha uma queda por ela na minha tenra infância . A elegância do desenho de Mort Walker aqui se revela em todo seu esplendor. Acho que ainda a amo...

Q8 –LEGENDA – E aqui  chegamos em Otto, o cachorro do Sargento Tainha. Na minha modesta opinião o considero tão grande quanto o Gato Felix ou Mickey Mouse, um verdadeiro clássico. E se veste melhor que esses dois, sempre impecável no seu pequeno uniforme do Exército.

Q9 –LEGENDA: Talvez o único que se iguale ao criador do Recruta Zero é o gênio C.C. Beck, criador do Capitão Marvel e seus arqui-inimigos,  Dr. Silvana e o Senhor Cérebro. É um mundo duro lá fora, amigos.

 



Escrito por Allan Sieber às 13:30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PRETO NO BRANCO



Escrito por Allan Sieber às 10:43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


ÚLTIMA LEVA

Nem só o que é bom acaba. Eis os desenhos que faltavam da minha atormentada temporada de final de ano. Feitos - nunca é demais frisar - num legítimo caderno de R$ 1,00 (na verdade nem isso me custou, já que ganhei do meu pai).

Ao levantar essa lebre do fetichismo em cima dos mais comuns objetos - cadernos, telefones e mesmo a até então insuspeita bicicleta -  recebi um surpreendente número de e-mails me apoiando. Obrigado. É bom saber que nem todo mundo cai nas armadilhas da Jecolândia.

 

 

 



Escrito por Allan Sieber às 14:11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


EU TAMBÉM QUERO BUCKFAST!

Do suplemento do NY Times da última segunda na Folha de S. Paulo:

 

DIÁRIO DE COATBRIDGE

Vinho de monges vira símbolo de alcoolismo na Escócia

Por SARAH LYALL

COATBRIDGE, Escócia - O que é que o Vinho Tônico Buckfast tem que tanto seduz os consumidores, enquanto provoca o repúdio dos políticos?
Talvez seja sua receita especial, à base de cafeína e vinho doce, graças à qual os consumidores entusiasmados em excesso podem ficar embriagados e cheios de vigor ao mesmo tempo. Talvez sejam seus muitos apelidos apelativos, entre eles "Wreck the Hoose Juice" (algo como "suco derruba-casa" -"hoose" é a pronúncia escocesa de "house") ou sua proveniência exótica: é fabricado por monges beneditinos em uma abadia britânica.
Seja qual for a causa, o fato é que o Buckfast tem sido visto como símbolo dos problemas graves de alcoolismo na Escócia, no momento em que o país debate como combater o problema. "Para uma grande parcela da população, sua relação com o álcool é prejudicial e danosa -às pessoas, às comunidades e à nação", disse o governo escocês em relatório recente.
E o Buckfast não parece ajudar. Pesquisa realizada no ano passado com 172 detentos revelou que 43% das 117 pessoas que tinham consumido álcool antes de cometer seus crimes disseram ter tomado Buckfast. E a polícia no distrito industrial carente de Strathclyde disse à rede BBC que a bebida foi mencionada em 5.638 boletins de ocorrência criminal entre 2006 e 2009 (em 114 dos crimes, a garrafa foi usada como arma).
Um representante da J. Chandler & Company, distribuidora da bebida, disse que o Buckfast representa menos de 1% do mercado de bebidas alcoólicas na Escócia e estaria recebendo destaque injusto. O Reino Unido como um todo finalmente reconheceu que tem um problema de alcoolismo que ultrapassa o "binge drinking" (consumo intenso de bebida alcoólica num período curto de tempo, com o objetivo expresso de embebedar-se). E, se o problema é grave na Inglaterra, é mais grave ainda na Escócia.
Em 2007 os escoceses de 16 anos ou mais consumiram em média o equivalente a 12 litros de álcool puro por pessoa, o oitavo índice mais alto do mundo. O governo estima que o abuso de álcool custe à Escócia US$ 3,6 bilhões por ano em problemas de saúde e sociais e em perda de produtividade.
Mas aquilo que, para uma pessoa, ajuda a melhorar seu estado de ânimo, para outra pode ser um estimulante preocupantemente eficaz. O vinho Buckfast tem teor alcoólico de 15%, pouco mais alto que a maioria dos vinhos. E cada garrafa de 750 ml contém tanta cafeína quanto oito latas de Coca-Cola. Nos EUA, o FDA (órgão que regula alimentos e medicamentos) estuda proibir as bebidas alcoólicas cafeinadas, que podem deixar seus consumidores desinibidos e também hiperativos, ansiosos e agressivos em função da cafeína e do açúcar.
"O Buckfast faz você explodir", disse recentemente James Grimson, que fumava um cigarro diante de um pub perto do centro de Coatbridge. "É por isso que há muitas brigas por aqui aos sábados", comentou Umair Ansar, que trabalha na cidade.

 



Escrito por Allan Sieber às 20:55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PRETO NO BRANCO



Escrito por Allan Sieber às 12:03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


OS CÃES LADRAM DENTRO DA CARAVANA

Mesmo com as janelas hermeticamente fechadas ouço os aldeões entoarem na rua seus velhos mantras de COMPREENSÃO  e FRATERNIDADE.

"Olha a cabeleira do Zezé / Será que ele é / Será que ele é / (...) / Parece que é transviado / Mas isso eu não sei se ele é / CORTA O CABELO DELE! / CORTA O CABELO DELE!"

"O teu cabelo não nega mulata /Porque és mulata na cor"


Por algum motivo lembrei de Otto Dix.

 

 

 

 



Escrito por Allan Sieber às 14:13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


DIRETO DO BUNKER

Hoje tem Desaforismo especial de carnaval, lá na Zé Pereira.

 



Escrito por Allan Sieber às 13:04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PRETO NO BRANCO



Escrito por Allan Sieber às 11:33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


NAS BANCAS

Na Piauí # 41 -  desse mês - publiquei um capítulo do álbum "Dentro da Noite & outras histórias", adaptação para quadrinhos de contos e crônicas do João do Rio que estou finalizando para a Desiderata.

 



Escrito por Allan Sieber às 12:16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


DOMINÓ

Os cascudos Daniel Lafayette, Stêvz e Tiago Lacerda - mentores da Beleléu - fizeram a gentileza de me convidar para o fantástico dominó de quadrinhos. Espero não ter cagado tudo com minha participação medíocre.



Escrito por Allan Sieber às 11:08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O PIOR DE DOIS MUNDOS

Minha amiga Juliana me manda esse link perturbador logo pela manhã.

Será um dia duro.



Escrito por Allan Sieber às 11:02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


FOLHATEEN



Escrito por Allan Sieber às 13:05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


LUTO



Escrito por Allan Sieber às 17:22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


COMEÇOU

Ok, depois de 37 Carnavais eu já deveria ter me acostumado com a maior festa de amadores do mundo, mas sempre que ela começa ainda me espanto com todo o Horror: barangas fantasiadas de putas, caras fantasiados de barangas, cheiro de mijo no ar, gente chata cantando com dedinho para cima, adereços made in China  & música pavorosa. Os outros 300 e tantos dias do ano desse pessoal devem ser realmente pavorosos para considerarem ISSO uma festa.



Escrito por Allan Sieber às 19:57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PIÑATARAMA

Abre hoje a exposição PIÑATARAMA, organizada pelo Jorge Alderete na Galeria Vertigo, na Cidade do México.

Alegria suprema ver o Bolaoito no meio de outros bonecos tão legais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Escrito por Allan Sieber às 17:27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


MAIS DO CADERNO SEM GLAMOUR

 

 



Escrito por Allan Sieber às 19:02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PRETO NO BRANCO



Escrito por Allan Sieber às 14:38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
TOSCO TV

 

TOSCOGRAPHICS

 

Loja

 

Trash Hour

 

Livro

 

Livro

 

Histórico


Outros sites
 Toscographics
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis